ATIVIDADE FÍSICA PARA HIPERTENSOS — FISIOLOGISTAS

Caros amigos, principalmente os que são “jovens há mais tempo…”, vale a pena uma boa lida no artigo publicado no blog Fisiologistas. Exercícios físicos apropriados para quem tem hipertensão, claro com supervisão médica e profissional, podem estabilizar e até mesmo normalizar a chamada “pressão alta”.

 

Por Guilherme Ribeiro

Exercícios físicos para hipertensos

A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) na visão atual é classificada como uma doença crônico-degenerativa de natureza multifatorial, na grande maioria dos casos, assintomática, que compromete fundamentalmente o equilíbrio dos sistemas vasodilatadores e vasoconstritores que mantém o tônus vasomotor, levando a uma redução da luz dos vasos e danos […]

via ATIVIDADE FÍSICA PARA HIPERTENSOS — FISIOLOGISTAS

O PODER DO ABACATE

Caros amigos e seguidores do meu blog. Desde a minha mais tenra infância sempre ouvi dizer que o abacate era um causador do “aumento do colesterol”. Passados mais de meio século, pesquisas científicas derrubaram esse mito.

Na verdade, como pode ser comprovado no artigo abaixo publicado no blog da Bia , o abacate, usado moderadamente, “… é reconhecido por seu potencial em diminuir o mau colesterol (LDL) e os riscos de arteriosclerose…”.

Aqui cabe uma observação: existe uma diferença entre arterioesclerose e aterosclerose. Segundo o site Nutritotal, “…ambas são doenças cardiovasculares, mas, na aterosclerose há um processo evolutivo onde ocorre mobilização de mediadores inflamatórios em resposta às lesões no endotélio vascular causadas por alguns fatores de risco (principalmente níveis séricos elevados de lipoproteína de baixa densidade – LDL), o que gera a placa aterosclerótica e estreitamento luminal.

A aterosclerose é uma doença multifatorial, onde dieta, exercícios físicos, abstenção de fumo e perda de peso ajudam na prevenção.

A arteriosclerose é uma doença não oclusiva da vasculatura, caracterizada pela dilatação difusa e hipertrofia das grandes artérias, o que leva a perda da elasticidade e redução de sua complacência. A sobrecarga de volume e anormalidades no metabolismo de minerais são os principais fatores de risco. As manifestações clínicas da arteriosclerose incluem hipertrofia ventricular esquerda, diminuição da perfusão coronária e aumento da pressão sanguínea sistólica.”

Leiam esse post muito interessante do blog da Bia sobre O PODER DO ABACATE.

Compartilhem com seus familiares e amigos através das redes sociais Google+, Facebook, Twitter e Linkedin, utilizando os botões abaixo.

7 Diferenças Entre a Chia e a Linhaça

Para quem se preocupa com a saúde e em ter uma alimentação saudável, sugiro uma lida no pequeno post abaixo. Publicado originalmente no blog Posso Dar Uma Dica?, traz a dica sobre a Linhaça e a Chia.

Compartilhem e espalhem por aí nas redes sociais cujos ícones seguem abaixo.

 

A lista de benefícios dessa dupla é extensa: vai desde a melhora do trânsito intestinal até a contribuição no controle do peso e na saúde das artérias. Tudo com comprovação científica. Mas o que torna essas sementes assim, tão especiais? No caso da linhaça, podemos mencionar o alto teor de potássio e de vitamina E, sem contar as festejadas fibras. “Estudos mostram que a semente de linho colabora para o

controle dos níveis de colesterol”, comenta a nutricionista Lara Natacci, da clínica Dietnet, na capital

paulista.

Já a nova queridinha da nutrição, a chia, parece ser uma excelente opção para quem precisa ficar em dia com a balança. “Ela contém um alto teor de proteína, e esse nutriente favorece o controle do apetite devido ao aumento da saciedade”, explica. Uma dica para a hora da compra de ambas é preferir embalagens fechadas e marcas conhecidas no mercado. “Infelizmente os produtos…

Ver o post original 50 mais palavras